setembro 16, 2017

Madeira # 3

A oeste de Câmara de Lobos, um local de visita obrigatória: O cabo Girão.
Um promontório com 580 metros de altura. O segundo mais alto do mundo, segundo os madeirenses.
Ainda a caminho...


Já no miradouro, com o Funchal no horizonte...


E a vista para baixo! Sim, aquela mancha branca é um barco...
No sopé da falésia, uma pequena área de terras cultivadas a que dão o nome de fajãs.
Acessos: Ou de barco ou de teleférico!


Mudança de destino: Da costa para o interior: A Igreja da Srª do Monte.
Local onde se iniciam as famosas descidas de cestas...



Bem perto, dois jardins-parques: O Jardim botânico e o Jardim Tropical Monte Palace.
Optamos pelo segundo, pertencente à fundação Berardo.
São 70.000 m2 de vegetação. Plantas exóticas dos quatros cantos do mundo, árvores centenárias, jardins orientais, etc...






E quem disse que na Madeira não se encontra um belo areal de areia dourada!?
É só ir a Machico.



Estrada costeira em direção a...


...Santana!
Em Santana, visitar o Parque Temático da Madeira. Muito interessante! Não perder a oportunidade de experimentar o simulador!


No regresso, subida, de carro, a um dos pontos mais altos da ilha: O Pico do Areeiro!


Tempo para um pequeno trilho de montanha. Este percurso de 7 kms liga dois picos: Areeiro ao Ruivo. É andar por cima das nuvens!



No miradouro do ninho da Manta...



Até à próxima!

setembro 10, 2017

Madeira # 2

Passagem pela pitoresca Câmara de Lobos.
Cidade a oeste do Funchal, predominantemente piscatória.
Dos locais onde mais gostei de comer! Lapas grelhadas, peixe-espada com milho e banana frita, bolo de caco, tudo acompanhado de uma "Niquita". No final, há prova de Poncha.
Outro pormenor: O verde da encosta é o das bananeiras.



No regresso ao Funchal, passeio pelo parque de Santa Catarina, bem ao lado da sede do governo regional...





Pela marina...


Pelo mercado dos lavradores...



O centro histórico do Funchal, com os seus edifícios revestidos a pedra de basalto vulcânico...





Homenagem a Gonçalves Zarco...


As piscinas remodeladas do Lido, zona altamente turística e bem servida de hotéis!


Funchal by night


Até à próxima!


setembro 02, 2017

Madeira # 1

Já lá vão dois meses,...e ainda a viagem à Madeira!
Há cada vez menos tempo para estas coisas!... :-( ,...mas vamos lá percorrer uma levada.
Para começar, nada como uma estrada de montanha...vazia! 
Parar e contemplar a paisagem do planalto madeirense,...estamos em Paúl da Serra.
Adoro "perder-me" nestas estradas...


Aliás, duas levadas: A das 25 Fontes e a do Risco. Começam ambas no Rabaçal e conduzem-nos a uma zona muito bonita no interior da ilha. Ir e vir, cerca de 9 kms, com um desnível acumulado de +/- 800 metros. "Puxadinhas" pelo desnível, não tanto pela distância...



Adorei esta foto...


Não estando um calor intenso (uma particularidade da ilha), soube bem este chuveiro...


Vale profundo...


A levada propriamente dita...


As 25 fontes,...que supostamente são o número de quedas de água nesta lagoa...


A belíssima floresta Laurissilva, Património Natural da Humanidade...



O regresso foi feito pelo norte, por Porto Moniz.


E as suas piscinas naturais...
Água salgada e sem ondas a uma temperatura agradável! Gostei!


Por fim, mais uma queda de água: O véu da noiva...(agora casada! :-))))....)
Bem na costa norte, a caminho de São Vicente.
Por questões de segurança, já não se percorre a estrada regional que serpenteava toda esta costa. Lembro-me de a percorrer, há mais de 16 anos, e atravessar túneis abertos na pedra onde chovia, passagens estreitas, sempre com o mar à espreita a poucos metros de distância...


Até à próxima!

junho 30, 2017